O Tô na Rede chegou ao Pará ainda no comecinho: Belém foi um das três cidades escolhidas para o projeto piloto em 2014. Para começar, o Instituto de Políticas Relacionais formou uma parceria com a Fundação Cultural do Pará e o Sistema Estadual de Bibliotecas para realizar um levantamento das bibliotecas locais e um convite para que elas entrassem no projeto.

Fizemos uma apresentação para todos os funcionários da Biblioteca Arthur Vianna, cerca de 100 pessoas ávidas em conhecer melhor o Tô na Rede. No mesmo dia, cerca de 70 funcionários estavam presentes para dar continuidade nas atividades. Ficamos por lá durante 12 meses: preparando e aplicando os seis blocos de formação e dando continuidade à ação profissional de cada participante. Hoje, eles atuam como multiplicadores do Tô na Rede pelo Estado.

As formações aconteceram em Belém entre 2014 e 2015. Como sempre, começamos pelo bloco sobre Ética e Cidadania. No Tô na Rede, os blocos de formação são sempre os mesmos, mas se adaptam conforme a demanda de cada grupo ou região. O segundo momento foi de Reconhecimento de Talentos, onde os participantes levantam problemas de suas bibliotecas e buscam possíveis soluções dentro das habilidades do grupo. Em seguida, os alunos fizeram os cursos sobre Advocacy, Mapeamento Local, TICs e Planejamento anual alinhada com a Agenda 2030. Quando a formação termina, é hora de voltar para as bibliotecas e aplicar o que foi aprendido.

Depoimento Guilherme Relvas atualmente diretor da DLLLB.

Depoimentos Funcionários

Problemas e soluções a partir da demanda local

Ao longo de 2016, foi feita uma análise de indicadores das atividades do projeto piloto e notamos que o resultado mais significativo do TÔ NA REDE é a melhoria na maneira como a comunidade e a biblioteca se percebem e atendem às suas respectivas necessidades.

Resultados Quantitativos:

  • 72 profissionais de bibliotecas treinados 
  • 17  jovens treinados 
  • 42 parcerias realizadas
  • 2 Pontos de Informação e Comunicação – implantados como espaço Tô NA REDE

Resultados Qualitativos:

  • melhoraram a autoestima
  • mudaram sua visão sobre a biblioteca
  • usam tics nas atividades
  • usam metodologia participativa
  • plano anual de atividades com a comunidade
  • replicaram ainda no piloto em outras bibliotecas

Veja o Relatório Pesquisa de Avaliação e Impacto Tô na Rede

Avaliação de Impacto do projeto piloto em Belém, Arapiraca (AL) e São Paulo

Em janeiro de 2017 recebemos no Instituto de Políticas Relacionais a reunião de interiorização do Tô na Rede Pará. O resultado das etapas anteriores foi tão bom que era hora de alcançar os 144 municípios do Estado. O então coordenador do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Pará, Guilherme Relvas, e a Diretora de Leitura e Informação, Giselle Arouck, passaram dois dias em São Paulo para pensar os encontros regionais e estadual, os diagnósticos e mapeamento das bibliotecas municipais e avaliando todo o trabalho que já foi feito. O processo de interiorização do Tô na Rede Pará tem duas frentes: os encontros regionais e o diagnóstico das bibliotecas municipais.

Encontros nas Regiões de Integração do Pará

Foram seis encontros regionais “Pará Ler”, promovidos pela Fundação Cultural do Pará, em parceria com o Instituto de Políticas Relacionais e o Iberbibliotecas. Os encontros foram realizados nos municípios nas  regiões de integração de maio a outubro de 2017: BragançaSanta Maria, Oriximiná, Rio Maria, Breves e Vitória do Xingu.

O evento reúne funcionários de bibliotecas e pessoas que trabalham com cultura e educação em cada região e promove debates sobre o potencial transformador das bibliotecas. A gerente de projetos do Instituto de Políticas Relacionais, Veridiana Negrini, e a psicodramatista, Martha Lemos, participam apresentando o Tô na Rede e dando palestras sobre as a Agenda 2030 e mapeamento local. Esta mobilização nas regiões também via fortalecer a rede de bibliotecas do Pará e convida ao debate para III Encontro do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, em dezembro 2017. Nossa galeria de fotos dos encontros nas regiões de integração do Pará:

Encontros regionais

Diagnóstico das Bibliotecas Públicas

O outro braço do processo de interiorização do Tô na Rede no Pará é o diagnóstico das bibliotecas públicas dos 144 municípios do Estado. Em julho de 2017 o Instituto de Políticas Relacionais selecionou 10 pesquisadores locais para coletar esses dados. Eles viajaram ao longo de agosto e setembro, para conversar com bibliotecários, funcionários e, claro, a comunidade e observar a situação de cada biblioteca. Esta é uma ferramenta garantirá a sustentabilidade das informações de qualidade e de propostas de políticas públicas para bibliotecas  do estado do Pará.

Parte das informações coletadas pode ser conferida no mapa abaixo:

Este trabalho de interiorização do Tô na Rede no Pará foi premiado na categoria ONGs pelo Instituto Pró-Livro em 2017!

Nos dias 04 a 07 de dezembro de 2017 foi realizado em Belém do Pará o Encontro Pará Ler Rumo à agenda 2030 da ONU: III Encontro Estadual de Bibliotecas Públicas e o IV Encontro de Contadores de História da Amazônia: Nem te conto. O encontro contou com mais de 400 participantes de diversos municípios do Pará e de outros Estados interessados em conhecer a proposta do Tô na Rede e pensar em parcerias para 2018, como as representantes do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Ceará e Pernambuco. Nas oficinas fizemos a formação de 296 profissionais da área. A programação contou com palestras, debates, oficinas, vivências e apresentações artísticas.

Nosso próximo desafio será o Encontro Panamazônico em 2018! Fique de olho nas novidades!

III Encontro de Bibliotecas Públicas e IV Encontro de Contadores de Histórias da Amazônia "Nem te Conto"

Prêmio Biblioteca 2030

O Instituto de Politicas Relacionais e a Fundação Cultural do Pará premiaram as seis bibliotecas que se destacaram no Diagnóstico das Bibliotecas Públicas Municipais do Estado do Pará, com o Prêmio Biblioteca 2030! A iniciativa busca reconhecer projetos que ajudam a conectar as comunidades com a informação através de bibliotecas públicas e que se inspiram nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas. Cada biblioteca recebeu um acervo com 30 livros cujos temas conversam com os objetivos da agenda e um computador.

As bibliotecas contempladas foram: Biblioteca Pública Municipal Miguellina Bitencourt de Araújo de Abaetetuba; Biblioteca Pública Municipal Eustórgio Miranda de Breves; Biblioteca Pública Municipal Eneas Cavalcante de Oriximiná; Biblioteca Pública Municipal Wesley Viana de Moura de Redenção; Biblioteca Pública Municipal Desembargador Wilson Marques de Tomé Açu; Biblioteca Avertano Rocha de Belém.

Instituto de Políticas Relacionais em parceria com  a Fundação Cultural do Estado do Pará (FCP) realizaram, nos dia 04 e 05 de junho de 2018,  o I ENCONTRO PAN – AMAZÔNICO DE LEITURA, LIVRO, LITERATURA E BIBLIOTECAS em Belém do Pará, onde a nossa diretora geral, Daniela Greeb, compareceu juntamente com a nossa consultora Martha Lemos.

Elas participaram da mesa Roda de conversa: conhecer para transformar, diagnóstico das bibliotecas públicas do Pará. Falaram e compartilharam todo o processo que o Tô na Rede desenvolveu e fortaleceu no Pará e no Brasil.

Também apresentaram o resultado do diagnóstico, realizado em 2017 em 144 municípios, com 10 pesquisadores indo à campo para saber sobre a realidade das bibliotecas públicas e seu processo de interiorização com bibliotecários, funcionários e a comunidade.

Vale ressaltar ainda que a agenda 2030 da ONU para o desenvolvimento sustentável foi uma das referências, aliada à formação desenvolvida pelo Relacionais. Os dados dessas bibliotecas vivas hoje são oficiais pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e pela Associação Mundial de Bibliotecas (IFLA – International Federation of Library Associations and Institutions).

Para saber mais sobre o que aconteceu no Encontro, clique aqui.

Regiões da Amazônia: Colômbia, Guiana, Guiana Francesa, Suriname, Equador, Bolívia, Peru, Venezuela, Brasil (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e partes do Tocantins, Maranhão)

Este Encontro foi uma parceria Instituto de Políticas Relacionais, Fundação Cultural do Pará, Ministério da Cultura e Iberbibliotecas.

 

Histórico:

Fundação Cultural do Pará atua a mais de 25 anos na área da informação e da leitura, promovendo ações na área cultural e artística, bem como propondo e gerenciando atividades de promoção da leitura em todo o Estado do Pará. A FCP abriga em seus espaços a centenária Biblioteca Pública Arthur Vianna que mantém atividades diárias voltadas para as comunidades de todo o estado do Pará. Nos últimos anos, a FCP e a Arthur Vianna vêm estabelecendo parcerias com outras instituições para aprimorar os serviços que já oferece e ampliar o alcance de sua missão.

Com o intuito de agregar conhecimento aos profissionais de bibliotecas e estudiosos da área da leitura e da informação, a FCP, em parceria como Instituto de Políticas Relacionais (IPR) promoveram a I , II  e III edições do Encontro Estadual de Bibliotecas, em novembro de 2015/2016/2017, com um público de mais de 900 pessoas, que participaram de mesas temáticas, oficinas, workshops e palestras sobre assuntos fundamentais para quem atua em espaços de leituras e bibliotecas.

Em 2017, a FCP já trabalhou para ampliar a rede de comunicação da temática de “bibliotecas vivas”, e em parceria com o Instituto de Políticas Relacionais, de SP, realizou 6 encontros em diferentes regiões do Pará, a saber: Região do Guamá e Caeté, com abrangência de 32 municípios, Região Araguaia, com abrangência de 15 municípios e Baixo Amazonas e Xingu, com abrangência de 23 municípios, com alcance de mais de 900 participantes e mais de 300 profissionais envolvidos, cuja programação foi dividida em palestras de temáticas atuais no segmento de bibliotecas, oficinas de capacitação para funcionários de bibliotecas e público em geral e atividades de instituições parceiras, bem como intensa participação da sociedade civil.

Deixe um comentário

avatar
Photo and Image Files
 
 
 
 
 
Audio and Video Files
 
 
 
 
 
Other File Types
 
 
 
 
 
  Subscribe  
Notify of